Monday, November 27, 2006

Meu caro,
Tua noção de juventude pode ser relativa
Podes considerar-te a ti mesmo velho,
Mas podes ser jovem para mim
Não duvidei de teus sentimentos
Porém, se realmente me conheces,
Venha falar comigo
Não tenha medo
O máximo que poderei dizer é não
E se fores quem penso,
Fiques sabendo que te considero muito
Mas não faça isso comigo
Saceie minha curiosidade
Contes-me quem tu és
E não é necessário que me protejas de ti mesmo
Tenho certeza de que,
Novamente, se fores quem penso,
Não ficarei magoada
E sabes muito bem disso
Mas ponha um fim nisso
Não precisa te expor a todos
Apenas a mim
Que é o que interessa
Não me magoe mais
27/11/2006

4 comments:

Cavalerio da Esperança said...

...

... said...

obviamente sem nada a dizer...

Kojiro(from the shadows) said...

se um medo aflige alguem a dizer oque sente, errado esse sentimento pode estar.
Quando algo em nós é realmente verdadeiro, não se cogita em dize-lo. Mesmo quando existe incerteza sobre ser correspondido ou não, se não nos arriscamos, ficamos abandonados no vazio. essas são aqui as minhas palavras

Inocent Insanity said...

Essas pessoas que brincam com o coração dos otros!
Ficam na duvida, escondidos... nao se mostram e nao percebem que assim magoam mais....
¬¬

Bjom

Coma Lacta Joy, é TUDO huhuhuhuhu