Thursday, February 28, 2008


Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street
(Br: Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet - Pt: Sweeney Todd, o Terrível Barbeiro de Fleet Street) é um filme estadunidense de 2007, dos gêneros musical e suspense, dirigido por Tim Burton, com roteiro adaptado de um musical homônimo.

Sweeney Todd conta a história de um barbeiro chamado Benjamim Barker (Johnny Depp) que leva uma vida comum e feliz com sua esposa (Laura Michelle Kelly) até que um juiz (Alan Rickman) apaixona-se pela mesma. Decidido a tomar a mulher para si, ele ordena que prendam Benjamim por um crime que o mesmo não cometeu.
Quinze anos depois, o barbeiro retorna a Londres, agora atendendo pelo nome de Sweeney Todd e com sede de vingança. Em parceria com uma confeiteira, a sra. Lovett (Helena Bonham Carter), Sweeney Todd comete seus crimes na cadeira de sua humilde barbearia e transforma suas vítimas em tortas, que tornam-se a grande sensação da cidade.

Elenco Principal:
Johnny Depp - Sweeney Todd
Helena Bonham Carter - srs Lovett
Alan Rickman - juiz Turpin
Sacha Baron Cohen - Signor Adolfo Pirelli
Laura Michelle Kelly - Lucy Barker
Timothy Spall - Beadle Bamford
Jayne Wisener - Johanna
Jamie Campbell Bower - Anthony Hope
Ed Sanders - Tobias "Toby" Ragg

Fonte: Wikipedia - Português

***


Alan Parker (diretor, produtor, escritor e ator britânico) havia expressado interesse em filmar Sweeney Todd durante os anos 80. Tim Burton Viu o musical várias vezes desde 1980, a primeira vez como estudante da CalArts. Apesar de não ser fâ do gênero, ele ficou impressionado com o quão cinematográfico era. Ele o descreveu como sendo um filme mudo com música, e era "deslumbrante tanto pela música quanto pelo sentido do macabro." Quando a sua carreira de diretor de filmes decolou no final dos anos 80, Burton aproximou-se de Stephen Sondheim. No mundo de Sondheim, "então [Burton] foi embora e fez outras coisas." Burton tinha completado um desenho que coincidentementeasseelhava-se com Johnny Depp e Helena Bonham Carter, apesar de isto ser anos antes de conhecer-los.
Sam Mendes (diretor de teatro e cinema britânico) desenvolveu o projeto por vários anos, durante o qual o próprio Sondheim tinha se aproximado para escrever o script (enredo, argumento do filme) em junho de 2003. Por razões desconhecidas, Sondheim não queria escrever o screenplay (roteiro), ainda que Mendes, Sondheim e o produtor Walter Parkes aprovaram inteiramente John Logan, que anteriormente colaborou com Parkes em Gladiador. Logan declara que seu maior desafio adaptando o script "foi lidar com a crítica, desaprovação, magnífico musical da Broadway e transformá-lo cinemático, a um filme emocionalmente honesto. No palco, você pode ter um coro cantando como as pessoas de Londres, mas eu acho que seria alienante num filme." Mendes decidiu dirigir Jarhead. Burton lançou-se em fazer o filme em 2006 depois de seu projeto, Riplay's Believe it or not! (programa televisivo, Acredite se Quiser), faliu por causa de o seu orçamento. John Logan percebeu que ele e Burton "compartilharam de infâncias raquíticas assistindo filmes da Amicus (compania produtora de filmes britânica conhecida por seus filmes de horror e ficção científica)" concordando com o tom do filme. Em agosto de 2006, a DreamWorks anunciou que Burton pegou a direção de Sweenwy Todd e Johnny Depp estava no papel de Todd. Burton e Logan mais uma vez retrabalharam o screenplay.
A adaptação de um musical teatral de 3 horas para um filme de 2 horas requer algumas mudanças. Algumas músicas perderam alguns versos e outras foram completamente retiradas. Tim Burton (o diretor) e Logan decidiram manter o foco na história do triângulo de Sweeney, Sra. Lovett e Toby, não deixando elementos secundários tão envolvidos quanto no show.
Na versão teatral, por exemplo, Johana, filha de Sweeney, e Antony são personagens mais musicais que no filme.

Fonte: Wikipedis - Inglês


3 comments:

Akinogal said...

See Please Here

Ditaur said...

Attention! See Please Here

Ivo said...

hey eu assisti esse filme meu ^^
amei, quer dizer tirando aquela parte da musik sabe hehehe

tipo odeio musical e nem sabia q era qnd fui com o "pessoal" (duas pessoas) ai tava qse dormindo no cine por causa de tanta musik hehehe ... ai começou a jorrar sangue pra todo lado nuss, simplesmente amei o filme naum perdi uma gota se quer depois disso haUAHuaHaUhauhAuAHuahaUh

perdido!

bjuSss!