Thursday, December 11, 2008


Boreas - John William Waterhouse (óleo sobre tela)

***

É preciso aprender a perdoar
Saber andar do limiar ao infinito
Sentir cada momento
E viver cada segundo
Cada ínfimo segundo como se fosse o único
Aprender a ver a vida como algo belo para todo o sempre
Cada cor, cada brilho
Cada raio de sol e cada gota de chuva
É preciso seguir em frente e enfrentar todos os obstáculos
Enfrentar e vencê-los
Um por um
Cada conquista, cada momento
Todo sentimento é precioso
Mas nada supera um sentimento
Que é composto de carinho e de adimiração
De amor e ternura
Mas não amor de namorados
Amor verdadeiro
Amor que supera tudo
Amor que significa carinho, amizade, cumplicidade
Amor que significa gostar mesmo ferida
Mesmo caído sob as cinzas
Deitado sobre as brasas
Brasas ainda flamejantes do que passou
Do pouco que ficou
Brasas que não interferem no amor ainda sentido
No carinho que permanece
Amor que nos torna crianças
Crianças que brincam e riem
Se completam com um simples olhar
Preenchem os espaços vazios com sorrisos
Fazem birra mas não são capazes de se odiar
Mas apenas de se amar
É preciso saber perdoar e amar
É preciso aprender a ser uma pessoa melhor
Ter um coração maior
E amar infinitamente quem realmente vale a pena
E até quem não vale
A vida pode ser muito mais leve do que parece

2 comments:

Shibuya said...

a quanto tempo eu nao comento, mas aqui estou.
seu textos estão ficando muito bons,
n tenho mto pra falar, tenho q ler esses poemas com cuidado e muita atenção.
beijos

Fabio said...
This comment has been removed by the author.